Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Turbinas eólicas arruínam a paisagem francesa

Eólicas, Châtelus-le-Marcheix Milhares de imensas turbinas eólicas [foto] estão sendo instaladas na França.

Mas a experiência é calamitosa.

As eólicas obedecem ao Protocolo de Kyoto e às exigências ecologistas radicais.

Porém, produzem energia mais cara e causam mais danos que as próprias centrais nucleares.

As supostas vantagens das eólicas são “pura propaganda”, segundo a rede de ONGs Réseau Action Climat.

O que o francês mais sente é a “catástrofe paisagística”, produzida por esses gigantes metálicos.

A Academia de Medicina alertou contra o caráter pernicioso do barulho insuportável que elas fazem.

O ecologismo radical e suas propostas fazem lembrar o velho ditado: “O diabo não dá o que promete”.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Natureza desmente alarmismo ecologista

Veneza: góndola sobre o fundo
Segundo predições apocalípticas do ecologismo, 2007 deveria ter sido o ano mais quente do século. Porém, segundo o jornal “Corriere della Sera”, de Milão, foi dos mais gélidos.

Nevou na África do Sul pela primeira vez na história, e em Buenos Aires após um século. Temperaturas polares castigaram da China ao Afeganistão, do Oriente Médio até o Canadá.

Na China, o gelo matou pelo menos 107 pessoas e danificou gravemente 17,3 milhões de hectares de florestas.

Janeiro de 2008 foi o mês mais frio dos últimos 20 anos na Itália.

Veneza, canal secoO mesmo ecologismo profetizava que em 2007 o Adriático submergiria Veneza e avançaria até Mântua.

Porém, jamais a água esteve tão baixa em Veneza, a ponto de gôndolas, barcas e vaporetti (foto) não poderem navegar normalmente, observou o diário “La Stampa” de Turim.


Quero receber atualizações do blog "Verde: a cor nova do comunismo" gratis no meu Email