Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Aquecimento global e mudança climática: vulcanólogo denuncia “enorme mentirada” visando um governo mundial ambientalista todo-poderoso

Entre apontamentos da década passada encontrei o seguinte artigo, do qual reproduzo excertos. É do famoso vulcanólogo Haroun Tazieff , ex-ministro da França, no governo de François Mitterrand, para a prevenção dos grandes riscos (1984-1986). Foi publicado pelo diário parisiense Le Monde, 2/6/92, sob o título “‘Efeito estufa’ e ‘buraco de ozônio’”.

Os seus argumentos são lógicos, incisivos, atualíssimos. Ele se soma à legião de cientistas que denuncia o que Tazieff qualifica de “enorme mentirada”.

Como é, desde aquela data, essa “enorme mentirada” só progridiu na mídia, nos governos e na ONU?

Não se entende à luz da ciência. Difícil acreditar que os donos da “mídia” não percebam que se trata de “má ciência-ficção”, como diz Tazieff.

O que é? Parece mesmo ser uma estranha religião... sem Deus é claro!

Escreveu o vulcanólogo:

“Há muitos anos uma campanha de imprensa, TV e rádio, conduzida com grande dispêndio a escala mundial se esforça em propagar rumores sobre pretensas certezas científicas segundo as quais um “efeito estufa” antropogénico estaria aquecendo a atmosfera de nosso planeta e que as conseqüências desse aquecimento serão catastróficas.

Mídia espalha enorme mentirada sobre aquecimento global (Haroun Tazieff)

“Em decorrência da dilatação das águas oceânicas e ao derretimento dos glaciares, o nível dos mares subiria vários metros pondo em perigo centenas de milhões de pessoas instaladas a menos de dois ou três metros de altura e engoliria inumeráveis cidades, entre as quais todas as megalópoles costeiras construídas logo acima do nível atual do mar.

“É-nos afirmado, sem a menor demonstração científica séria, mas na base de simples hipóteses de maneira alguma demonstradas, que a responsabilidade humana na acentuação do “efeito estufa” já não é mais contestada...

“Esta
afirmação é contrária à verdade: numerosos cientistas de alta qualificação contestam formalmente que a injeção de gases como os clorofluorocarbonetos, o metano e o gás carbônico acentuam o “efeito estufa” natural gerado pela atmosfera.

Fala-se de um aquecimento da atmosfera, de um aumento da “temperatura do planeta” como se fosse um fato tirado da observação, de um fenômeno devidamente constatado.

“Ora, na hora presente
nada permite semelhante afirmação, a não serem alegações de cientistas que têm interesses bem diversos.

Má ciência-ficção e não ciência (Haroun Tazieff)

“Por outra parte, o cenário-catástrofe da elevação do nível dos mares pelo derretimento dos glaciares pertence a uma ciência-ficção que ignora a física elementar: os glaciares da Antártida e os da Groenlândia têm uma temperatura de várias dezenas de graus negativos, e não são os três a seis graus anunciados pelos arautos do catastrofismo deste fim de milênio que alguma vez irão derreter um só centímetro cúbico de um glaciar de -20 ou -60C...

“Esta má ciência-ficção, entretanto vem sendo largamente difundida por todas as mídias do mundo há uma vintena de anos.

“O catastrofismo vende-se incomparavelmente melhor que o contrário. O poder de grupos de pressão tão transnacionais quanto poderosos
impede na prática que se exprimam publicamente os cientistas competentes e respeitosos da ética e que desejam restabelecer a verdade.

Má fé prepara autoridade política mundial ambientalista todo-poderosa (Haroun Tazieff)

“A enorme mentirada da ameaça mundial que representaria o gás carbônico e os clorofluorocarbonetos não só chegou a ser levada em linha de conta pelos responsáveis dos governos, mas é afirmada como incontestável pelos jornalistas, igualmente ludibriados pelos sofismas seudo-científicos.

“Essa falta de boa fé na informação de dados científicos importantes não vem sozinha. Ela envolve, por uma parte, cifras de negócios que atingem dezenas de bilhões anuais.

E a organização de uma espécie de governo mundial ambientalista todo-poderoso.”

3 comentários:

  1. Não posso disser que o que esse cara diz é ou não verdade, mas por que não viver num mundo que respeita a natureza? com um ar mais limpo, rios, lagos etc. Pode ser ou não verdade o aquecimento global, mas fez com que o mundo mudasse a maneira de agir, ou ainda não, mas estamos caminhando. Não temos nada a perder!!!

    ResponderExcluir
  2. Xtreme Download, você realmente se engana. Isso é comunismo com roupagem novo. Um poder mundial controlando a vida das pessoas, isso sim é que é uma catástrofe! O comunismo é responsável por nada menos que a morte de aprox. 100 milhões de pessoas, imagina esse regime em escala mundial! Temos, sim, muito a perder, muito mesmo.

    ResponderExcluir
  3. ipcc e os demais membros da comunidade cientifica mundial-como ficam frente a tanta mentira e exercicio de futurologia referentes a aquecimento global,e a midia e governantes oportunistas que tambem nesta onda embarcaram.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.