Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Conferência sobre Mudanças Climáticas de Copenhague: festim de altos funcionários ignorantes do fato científico

Sob o título “O Festim”, o Prof. José Carlos Azevedo, doutor em Física pelo Massachussets Institute of Technology (MIT) e ex-reitor da Universidade Nacional de Brasília ‒ UnB, publicou clarividente artigo no “Correio Braziliense” sobre as perspectivas da Conferência de Copenhague.

Reproduzimos a continuação a primeira parte desse artigo.

Entre 6 e 19 de dezembro, realizar-se-á em Copenhague a 15ª Conferência sobre Mudanças Climáticas, promovida. pela ONU e coordenada pelo órgão a ela subordinado, o Painel Inter Governamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC na sigla em inglês). De acordo com o portal da conferência na internet, comparecerão delegações de 170 países, muitas ONGs e cerca de 8 mil pessoas.

O objetivo da conferência é definir um novo protocolo para substituir o de Kyoto, que foi assinado em 2007 e terminará em 2012.

Ele estabeleceu metas para reduzir as emissões de gases que seriam poluentes, condição em que incluíram o C02, dióxido de carbono, que não é poluente e é matéria prima de todas as formas de vida existentes, no mundo vegetal e no animal.

O protocolo, além dos alegres encontros nos locais mais aprazíveis do planeta, pagos com dinheiro público, não deu em nada. Por isso, há ne­cessidade de renová-lo.

O dinheiro gasto até agora para provar que o CO2 é o responsável por alterações no clima e promover esses festins é assustador e foi estimado em mais de US$ 50 bilhões.

O IPCC diz que serão necessários recursos maiores, da ordem de US$ 200 bilhões, para continuar em seu esforço hercúleo para salvar a humanidade e manter o nível de CO2, a fim de limitar o aumento de temperatura a 2° C.

Se os países filiados ao IPCC forem acometidos de bom senso, o que é improvável, não derem mais dinheiro e a temperatura aumentar os 2° C ou mais, o que acontecerá? Uma coisa é certa: as plantas crescerão mais e haverá mais alimentos vegetais e animais, para saciar a fome dos pobres e desvalidos que há na Terra.

Qual é o documento científico que prova ser o CO2 gerado pelo homem o vilão do clima? Que prova há que a temperatura da Terra aumenta devido ao acréscimo da concentração de CO2 gerado pelo homem na atmosfera?  

A temperatura medida por satélites meteorológicos está diminuindo há três anos e manteve-se no mesmo nível nos dez anos anteriores.

(Fonte: “O Festim”, do Prof. José Carlos Azevedo, “Correio Braziliense” de 1º-10-2009).

Continua no próximo post


Desejaria receber atualizações do blog "Verde: a cor nova do comunismo" gratis no meu Email

Um comentário:

  1. Verdade verdadeira! Para reforçar essa ideia do Professor foi revelado , em pesquisa geológica, o Ciclo da Energia no planeta que evidencia o papel fundamental do CO2 na continuação da vida na Terra. Acessem www.petroleoeecologia.com.br e leiam o pequeno texto "Aquecimento Global", com ilustrações, e vejam o video para complementar a ideia sobre a importância das emissões de CO2. É surpreendente!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.