Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Brasil a caminho de ser o 3º maior produtor mundial de biodiesel

Biodiesel brasileiro poderá ser comum no exterior
Em 2010, o biodiesel nacional substituiu 30% do óleo diesel importado pelo Brasil. A expectativa é de que a importação de diesel seja zerada em seis anos.

O consumo brasileiro de biodiesel totalizou 2,5 bilhões de litros, crescimento de 56% sobre 2009, informou a Ubrabio (União Brasileira de Biodiesel) .



Dessa forma o País poupou o equivalente a US$ 1,4 bilhão. Estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra que a capacidade instalada de produção de biodiesel no país está em torno de 5,1 bilhões de litros e a perspectiva é de 14,3 bilhões de litros em 2020. A

soja responde por mais de 80% da matéria-prima para a produção do bicombustível.

Em 2011, o Brasil se tornará o terceiro maior produtor global de biodiesel, se não for derrubado por algum “milagre” dirigista ou ambientalista.

Receba as atualizações em seu email
Digite seu email:

2 comentários:

  1. Bem, o biodiesel, para além de desperdiçar terras de cultivo que bem poderiam ser usadas para matar a fome a tanta gente, fazendo encarecer os alimentos, é um combustível que queima mal, especialmente em climas mais frios, como os da Europa, provocando perda de potência, maiores consumos e, portanto POLUINDO muito mais do que o diesel aditivado proveniente do petróleo (e o crude também é natural, recordemos).
    Isto é mais uma negociata para os «amiguinhos» do cartel verde, que vão provocar assim mais fome, carestia de alimentos, maior consumo e maior poluição.
    O meu curso é de engenharia mecânica, termodinâmica aplicada, ramo automóvel.

    ResponderExcluir
  2. Carlos Portugal

    Concordo com você totalmente.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.