Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

domingo, 18 de dezembro de 2011

Brasil cada vez mais apontado como vilão da ecologia da Terra

COP-17: muita expectativa da mídia, mas frustração final

Em Durban, África do Sul, mais uma conferência mundial, a COP-17, tentou impor uma meta ambientalista radical aos 200 países participantes. Mas, a reunião que começara desanimada acabou apenas nas promessas.

As medidas efetivas ficaram para um acordo vinculante que, em tese, deveria ser aprovado em 2020. A imprecisão das promessas fez que muitos qualificassem a reunião de fiasco.

O Protocolo de Kyoto foi prolongado, a questão é saber quem o cumpre bem e, na ótica ambientalista, falta torná-lo compulsório e aplicado por uma autoridade supra-nacional.

domingo, 11 de dezembro de 2011

O infanticídio é "cultura"? Ambigüidades na interpretação do "desenvolvimento sustentável"

Infanticidio. Esta é a "cultura ecológica" por excelência?
 Quando bem analisada, a religião “verde” não é tão contraditória quanto à primeira vista pode parecer

Para ela, o homem civilizado – e com maior razão cristão – é um ser malfazejo. Um comentário contrário ao nosso blog "Verde: a cor nova do comunismo" defende que “depredar e destruir não faz parte da natureza nem dos lobos nem de nenhum outro animal. O homem é o único ser que destrói o que o sustenta; a verdade é que a raça humana se tornou uma praga”.

A tese não é original. É até um chavão do ecologismo radical.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Ursos polares em “perigo de extinção” se multiplicam, depredam e matam

Horatio Chapple, 17, foi morto pelo urso polar
O urso polar é um dos mais belos animais da Criação, mas também dos mais perigosos.

Uma errônea propaganda ecologista os apresenta como fofos bichinhos de estimação. O erro tem custado pernas e braços a ingênuos visitantes de zoos do mundo.

Acresce que o ambientalismo obteve que fossem declarados “em perigo de extinção”, e ficaram quase intocáveis.

Porém em Longyearbyen, capital do arquipélago de Svalbard, ainda ecoa o último ataque de um urso branco.

Ele invadiu na madrugada um acampamento de estudantes britânicos, matou um e feriu gravemente mais quatro. Os jovens estavam fazendo “turismo de aventura”.