Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

domingo, 10 de março de 2013

Na França, lobos “protegidos” dizimam rebanhos

Lobos em parque francês
Após intensa pressão “verde”, a França repovoou seu território com lobos, que se tornaram “espécie protegida”.

Mas eles se multiplicaram tanto e estão fazendo tanto dano, que o país discute para o período 2013-2017 um “Plano Lobo” que os contenha de alguma forma.

Só em 2012, 250 lobos controlados atacaram 5.848 animais de criação, informou o jornal de Paris “Le Figaro”.

No jargão burocrático, a França tentaria uma “gestão diferenciada” dos predadores em função das regiões e dos rebanhos.

“Preferiríamos sempre um plano democrático – como se os lobos fossem sensíveis à democracia – antes que o projeto fosse aprovado”, explicou Benoît Hartmann, representante da associação France Nature Environnement.


No projeto, os senadores aprovaram a criação de “zonas de proteção reforçada contra o lobo”.

Frase rebuscada para dizer que os pastores poderão matar as feras sem autorização prévia.

“O governo deveria se opor a essa lei”, disse Delphine Batho, ministra socialista de Meio Ambiente.

Ela insistiu que os predadores estão protegidos pela Convenção de Berna.

Mas a cólera dos criadores de ovelhas assusta o governo.

Os lobos foram reintroduzidos na década de 90 na região dos Alpes.

Desde então eles ampliaram em 25% sua área de ataque.

Lobo ibérico
Em 2008 atacaram “apenas” 2.680 animais, em 2011 fizeram 4.920 vítimas, e em 2012, 5.848.

Outra pirueta burocrática permitirá “novas modalidades de cálculo” para aumentar o número de lobos que podem ser abatidos cada ano, explicou a contragosto a ministra do Meio Ambiente.

Entretanto, há malandragem no texto, tendo a ministra verde limitado a 11 o abate dos lobos no período 2012-2013.


Um comentário:

  1. Não se preocupe: Quando os lobos forem maioria farão parte do cardápio. Aí os verdes para justificar as verbas governamentais protegerão as ovelhas.
    É só uma questão de mudança de hábito alimentar.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.