Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

domingo, 24 de fevereiro de 2013

“Der Spiegel”: não houve aquecimento global e ninguém explica

Axel Bojanowski
Nas últimas semanas a mídia europeia, caixa de ressonância como que exclusiva do aquecimentismo, deu sinais de mudar de campo.

A grande revista alemã “Der Spiegel” saiu na frente.

Seu jornalista de ciência, Axel Bojanowski, publicou o artigo “Alterações climáticas: cientistas perplexos com a parada do aquecimento global”, no qual revelou:

“A palavra já corria havia algum tempo de que o clima está se desenvolvendo de maneira diferente do que o previsto anteriormente. Quantos anos mais de estagnação são necessários para os cientistas repensarem suas previsões de aquecimento futuro?”, indagou.

“Quinze anos sem aquecimento estão agora atrás de nós, registrou Bojanowski. A estagnação das temperaturas médias globais próximas à superfície mostra que as incertezas nos prognósticos climáticos são surpreendentemente grandes. O público está agora à espera, em suspense, para ver se o próximo relatório do IPCC da ONU, marcado para setembro, vai discutir ou parar o aquecimento”.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Grã-Bretanha autoriza explorar o gás de xisto e desaponta verdes e vermelhos

Edward Davey, ministro de Meio Ambiente inglês  liberou exploração do gás de xisto
Edward Davey, ministro de Meio Ambiente inglês
liberou exploração do gás de xisto
O governo britânico autorizou o reinício da exploração do gás de xisto através do método de fraturamento hidráulico , mas fixando certos controles para prevenir eventuais riscos sísmicos, informou o jornal “Le Monde” de Paris.

“O gás de xisto representa uma nova fonte energética promissora para o Reino Unido e poderá contribuir significativamente para nossa segurança energética pela redução de nossa dependência do gás importado”, explicou Edward Davey, ministro da Energia e Mudanças Climáticas.

O ministro sublinhou que esta nova fonte de energia será “especialmente valiosa para substituir os recursos em declínio no Mar do Norte”, permitindo criar emprego, atrair mais receitas fiscais e impulsionar a economia.

A associação dos empresários ingleses Institute of Directors (IOD) estima que o gás de xisto poderá atender durante um século a 10% das necessidades de gás da Grã-Bretanha.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Biólogos renomados questionam previsões pessimistas sobre ‘ameaças’ à biodiversidade

Herton Escobar
Herton Escobar
Herton Escobar, repórter de “O Estado de S. Paulo” especializado em Ciência e Meio Ambiente, publicou relevante matéria que desmitifica pânicos verdes artificiosos em matéria de supostas – e nunca demonstradas – estarrecedoras ameaças à biodiversidade.

Eis excertos de seu artigo intitulado “Cientistas questionam previsões pessimistas”, publicado em 25/01/2013:


Cientistas questionam previsões pessimistas

O número de espécies no planeta Terra não é tão grande quanto muitos acreditam ser. Assim como o número de espécies que estão sendo extintas pela ação do homem não é tão grande quanto muitos estimam ser.

E, com um pouco mais de esforço e investimento, é possível descrever e proteger todas as espécies do planeta ainda neste século.