Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

domingo, 31 de julho de 2011

Raposa/Serra do Sol estadeia a miséria e a injustiça da “religião verde”

Curiosa “religião” é a “verde”. Ela não visa tanto um “deus”, exceção feita da “deusa” Mãe Terra, ou Gaia.

Ela visa um mundo estranho para quem conhece a natureza e a vida real. Entretanto, segundo seus mais cegos adeptos, a tribo indígena é o modelo para o século XXI.

Para essa “religião”, as grandes aglomerações urbanas, a civilização de consumo, a prosperidade, representam o passado, a decrepitude e a morte. Enfim, tudo quanto deve desaparecer.

CNBB usa várias extensões para promover a utopia comuno-missionária
Essa “religião”, no Brasil, é espalhada pelo que há de mais moderno na atividade missionária católica. Quer dizer, dos missionários que se proclamam em dia com a Igreja-Nova, pós-conciliar.

domingo, 24 de julho de 2011

Javalis destroem: chegou a hora da caça. Mas chegou mesmo?

A “Folha de S.Paulo”, domingo 24 de julho de 2011 informa que “Javalis destroem lavouras de milho e soja do oeste de SC”.

Segundo o diário paulista:

“javalis estão destruindo lavouras de milho e soja do oeste de Santa Catarina. Cerca de 200 famílias que vivem próximas ao Parque Nacional das Araucárias já tiveram prejuízo, segundo a Prefeitura de Ponte Serrada (494 km de Florianópolis).

Prof. Molion: não há "aquecimento global", mas esfriamento

CLIQUE NA FOTO PARA VER O DEBATE

O Prof. Luiz Carlos Baldicero Molion, do Instituto de Ciências Atmosféricas da Universidade Federal de Alagoas rebateu os falsos mitos sobre o inexistente "aquecimento global".

Foi em memorável debate no Canal Livre, da Band, Brasil, 29 novembro 2010.




domingo, 17 de julho de 2011

Malabarismos para provar que o mundo aqueceu não aquecendo

Poluição chinesa "salvou o planeta" do "aquecimento global"?
Foto: fábrica em Caijing

Não há aquecimento global desde 1998. 

Não é só a ciência empírica que o afirma, está nos próprios e-mails dos arautos do próprio “aquecimento global” de origem humana, pegos de surpresa pelo escândalo do Climagate.

Kevin Trenberth, chefe da Climate Analysis Section no USA National Center for Atmospheric Research escreveu em 2009 a Michael Mann, da Pennsylvania State University:

domingo, 10 de julho de 2011

Prof. Zander Navarro e a ciência manipulada pelo ambientalismo

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








Zander Navarro, 59, sociólogo e professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul‒ UFRGS, que entre 2003 e 2010 foi professor e pesquisador no Instituto de Estudos sobre o Desenvolvimento, na Inglaterra, publicou matéria na Folha de S.Paulo deplorando o abuso do nome da ciência para perturbar o crescimento do País.

O autor há tempo perdeu esperanças na reforma agrária socialista e confiscatória cujo movimento mais emblemático é o MST, do qual deixou de ser um apoiador entusiasta e hoje critica.

Desde um outro ângulo, no nosso blog vimos denunciando que por trás desses abusos da ciência trabalha a fracassada ideologia socialista.

Hoje, cada vez com menos adeptos, ela tenta impor sorrateiramente sua agenda. Para isso a pinta de verde, e traveste seus velhos grupelhos de agitadores em ONGs falsamente ambientalistas.

“Desde os anos 90, prenunciando sombrios impactos futuros, têm sido rebaixados os papéis da ciência e dos cientistas, escreveu o professor Navarro.

“Curiosa regressão, pois ocorre quando o país ostenta uma legião de especialistas em todos os campos, com inéditos níveis de aperfeiçoamento científico.

“São movimentos insidiosos, que vão corroendo as práticas de pesquisa, instaurando um populismo que se pretende científico.

“E são tendências graves, pois usam fundos da sociedade; muitas autoridades sancionam essa ação destrutiva, o que confunde socialmente. No limite, deseduca e distorce o valor universal da ciência.

"Transgênicos para Quem?",
lançamento na UFPR,
Foto Rodrigo Juste Duarte
“Cito três exemplos. Primeiramente, a publicação ‘Transgênicos para Quem?’, lançada com fanfarra em cinco cidades.

“É livro que não resistiria a nenhuma análise, pois reúne um amontoado de fantasias ideológicas, sem nenhum lastro factual.

“Um deplorável panfleto financiado com fundos públicos. E reacionário, por ser este um tema vencido em nossos dias.

“Em segundo lugar, o recente documento da SBPC [Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência] e da ABC [Academia Brasileira de Ciências], que pretenderia se contrapor à mudança do Código Florestal.

“Assinado por respeitáveis cientistas, seu arrazoado deveria iluminar a controvérsia sobre o novo Código. Mas não: o texto parece ter sido feito às pressas. Ao fim e ao cabo, uma intervenção inútil, ainda se arvorando como representativa da comunidade científica.

“Finalmente, registre-se a audiência pública destinada à discussão de uma notável conquista da ciência brasileira, uma variedade transgênica da Embrapa que permite controlar uma das maiores ameaças à produção de feijão, causada por um vírus.

Menos alimento e mais controle social(ista)
“Um feito digno de manchetes, que nos enche de orgulho.

“Mas a audiência foi circense, pois ONGs e o representante do Consea, ligado à Presidência, carnavalizaram o evento, com argumentos infantis e ostensivamente anticientíficos.

“Ficam as perguntas que os brasileiros precisam responder: queremos o conhecimento científico? A ciência é inimiga do povo?

“Continuaremos atacando os cânones da produção do conhecimento e propondo ‘alternativas’, como se tudo aquilo feito no restante do mundo fosse errado? E o que dizer de tantos absurdos patrocinados com recursos públicos?

“Quando debateremos com transparência e sem intimidação os rumos da ciência brasileira?”

domingo, 3 de julho de 2011

Ecoterrorismo: extravagância e violência para que radicais pareçam “moderados”


Daniel Andreas San Diego, líder ambientalista radical, responsável por atentados com bomba às sedes da multinacional farmacêutica Chiron e da indústria de suplementos nutricionais Shaklee, na Califórnia, é um dos dez terroristas mais procurados pelo FBI.