Para atualizações gratis via email: DIGITE SEU EMAIL:

domingo, 6 de maio de 2012

Professor da USP refuta mitos e mentiras do ambientalismo

Professor de climatologia na USP Ricardo Augusto Felício
Professor de climatologia na USP Ricardo Augusto Felício
O professor de climatologia na USP Ricardo Augusto Felício fez doutorado sobre a Antártida e afirma com todas as letras: “o aquecimento global é uma mentira”.

Segundo ele, não existem provas científicas desse fenômeno.

O Prof. Ricardo Augusto Felicio é professor de Climatologia do Depto. de Geografia da USP.

Ele é pesquisador da área de Climatologia Antártida e Variabilidade Climática.

O prof. Ricardo mostrou que o nível do mar não está aumentando e que o gelo derrete sim, mas depois volta a congelar, porque esse é o seu ciclo. O professor lembrou ainda que o El Niño, um fenômeno natural, faz esse nível variar cerca de meio metro.


Veja vídeo
Prof. Ricardo da USP:
não há prova do aquecimento global
“O nível do mar continua no mesmo lugar. Primeiro se fosse derreter alguma coisa, teria que ser a Antártida, mas para derretê-la você tem que ter na Terra uma temperatura uns vinte ou trinta graus mais elevados”, explicou o professor que é especialista no clima antártico.

Ricardo também afirmou que o efeito estufa é uma física impossível e que a camada de ozônio é uma coisa que não existe. O professor ainda respondeu perguntas da plateia como se a Amazônia é o pulmão do mundo e se a garoa característica de São Paulo está diminuindo.

Ele fez essas corajosas afirmações com ciência e segurança no Programa do Jô, na Globo, em 02-05-2012.


Veja e avalie o quilate de suas afirmações na íntegra do programa:






8 comentários:

  1. O nível da praia de Ipanema está no mesmo lugar. Mas a praia de Ipanema cheia de cocô...

    ResponderExcluir
  2. Como é bom ouvir um pesquisador falando com tanta propriedade sobre um assunto tão polêmico. Me faz refletir sobre como acreditamos em informações impostas por grupos interessados em fazer daquilo uma verdade e que nem sabemos quais intenções estão por trás de tudo isso.....vou pensar mais sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  3. o "cara" fala com tanta certeza que me leva a achar tudo o que ele disse a maior bobagem, pois ele chega dizendo: "cortem as florestas, tudo vai renascer... e o que é mais legal: não existe a camada de ozonio!! hahah... é minha palavra contra a de todos os renomados pesquisadores que estudaram isso durante toda as suas vidas, eles que se danem..." essa é minha opinião, não acreditei em nada do que ele disse, e continuo não acreditando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom doutora! Apresente suas refutações acadêmicas!!!

      Excluir
    2. Será necessário que ele apresente antes os dados que corroboram com essas afirmações categóricas. Não apresentou nenhuma ciência apenas conclusões. A única justificativa plausível que apresentou para todos estarem errados é os interesses econômicos, mas também não tem nada que prove isso.

      Excluir
    3. Fato! Lembra muito teorias da conspiração, tipo, "o aquecimento global é uma manobra dos países ricos para frear o desenvolvimento dos emergentes" e vai por aí afora!

      Excluir
  4. A posição assumida por esse acadêmico é admirável, porém temerária e altamente polêmica. Existe muita gente "boa", por outra lado, que rejeita sua tese! Cautela máxima!!!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.